DiscaBlog


HDMI 1.4: O que vem por ai … by crismazza
01/07/2009, 10:24
Filed under: automação, Cabos | Tags: , ,

Seguindo com mais pesquisas e informações que temos recebido da org. HDMI, conseguimos em primeira mão algumas imagens de como serão os novos conectores.

MODELOS

NOME

APLICAÇÃO

HEAC

canal Ethernet e Retorno de Áudio

Sistema de informacao bi-direcional (100 Mbps), Aplicacoes IP

ACE

Percepção de Conteúdo Automático

3D Video, 4096 x 2160 @ 24Hz

Tipo D

Conector HDMI Micro

Aparelhos portáteis (câmera s e celular)

Tipo E

Conector para sistema automotivo

Aparelhos veiculares com trava de segurança

 hdmi 1.4 modelos

Em seqüência, vocês podem ver o conector E (automotivo), conector D (micro) e o conector A, que é o atual e devera se manter no futuro, mesmo para utilização do sinal Ethernet.

Como já citei aqui, as novas tecnologias apresentadas pelo HDMI 1.4, devem ser suportadas pelos cabos existentes hoje no mercado. Porem apenas os cabos 1.3b CAT.2 (high speed) devem conseguir suportar esses novos itens abaixo :

. Canal de retorno de áudio;
. Suporte a conteúdo 3D;
. Suporte ao novo formato de resolução 4K x 2 K:
• 3840 pixels wide by 2160 pixels high @ 24Hz | 25Hz | 30Hz
• 4096 pixels wide by 2160 pixels high @ 24Hz
. Suporte aos novos formatos de cor (color Space)
• x.v.Color
• sYCC 601
• Adobe® RGB
• Adobe® YCC601

A grande novidade que Jeff Park (um dos engenheiros por trás do HDMI 1.4) me disse, foi que, na verdade, o sinal ethernet devera correr por um cabo diferente, porem com mesmo conector. Assim ele prevê que não haverá necessidade de trocar esses cabos de alta velocidade, pois o padrão do plug atual (modelo A) e o padrão de construção atual para 10,2 Gbps de banda deverão se manter no futuro para todas as especificações do padrão 1.4, e apenas no caso da função Ethernet, será necessário ter um cabo especial.

Para manter os cabos atuais 1.3 CAT.2 em uso, suportando as características do HDMI 1.4 (exceto Ethernet), utilizaríamos a largura de banda de cerca de 5 Gbps que ainda temos disponível nesses cabos.
Vale ressaltar que sem os equipamentos com chips HDMI 1.4 não será possível acessar esses novos recursos, inclusive ethernet. O cabo e o elo mais simples, e preciso modificar antes os chips dos equipamentos para ter acesso a todas as novidades.

No caso do cabo com sinal Ethernet, será introduzido dentro da sua construção um par trançado para levar o sinal. Esse sinal deverá passar pelo pino 14 (chamado de canal utilitário). Fisicamente o cabo terá o mesmo aspecto, inclusive o plug será o mesmo. Com o tempo é muito provável que esse modelo predomine por ser mais completo e poder atender a todos os clientes que querem ou não querem o sinal Ethernet.

Assim a divisão será: Cabo com definição standard, CAT.1 Standard (1080i) com e sem Ethernet e cabos com alta definição, CAT.2 High Speed (1080p e acima) com e sem Ethernet. Para todos o plug será o mesmo, o que muda é a construção dos cabos.

Em breve espero postar uma amostra desses novos modelos para vocês. Ainda não existe um certificado de construção (CTS) para HDMI 1.4, assim temos que aguardar essa resolução, para então partirmos com a produção de cabos.

Em outubro deverei participar da maior feira de eletrônicos da Ásia, irei à algumas reuniões a respeito de assunto e espero trazer algumas amostras para teste. Após aprovarmos os cabos e desenvolvermos as nossas especificações, deveremos lançar um modelo de alta resolução e alta velocidade (CAT.2), com suporte a Ethernet, o HDMI 1.4 AVIS by DISCABOS, em meados de 2010.

Hoje temos em linha o cabo 1.3 CAT.2, que pode ser utilizado com todas as novas especificações 1.4, exceto Ethernet.

Aproveitando, segue mais informações sobre recursos de cor e imagem. Em breve deveremos ver novos recursos no mercado que utilizam ate 16 bits, ao invés dos 8 ou 12 bits de cor atuais. Isso significa disponibilidade para aumentar a quantidade de cor de milhões para trilhões e aumentar o spectro ou degrade de cores, aumentando de 256 quadros para ate 65.536 quadros. Isso quer dizer que as cores e mudanças de tons serão muito mais suaves e darão impressão mais real a imagem. Claro que esse feito e mais perceptível em imagens estáticas.

C.M.